Linkedin Youtube Facebook

contato: contato@arturximenes.com.br

Para ler

15/09/2016

Convenção de vendas. Por que fazer?

Os motivos podem ser inúmeros, mas em síntese, todos irão bater na mesma tecla:
O que, e como fazer para vender mais e melhor?
Nas convenções de vendas conseguimos gerar foco, provocar atitudes, disponibilizar informações, vender idéias, mostrar causas, descobrir falhas, oportunidades e também suprir as necessidades materiais, psicológicas e individuais para tornar a equipe ou parceiros cada vez mais eficientes e eficazes.
 Motivos não faltam:
Comemorar = A comemoração fortalece o compromisso, vínculo entre as pessoas e empresas. Turbina o animo da tropa para os próximos combates.
Confraternizar/integrar = Colocar pessoas e empresas que lutam por uma mesma causa juntas para dividir conquistas, angustias, necessidades, gratidão, fortalecer elos e compromissos.
Premiar = reconhecer o bom trabalho realizado ou parceria, gera comparação de desempenho, inibe áreas de conforto e acomodação, cobra indiretamente da tropa e parceiros a mobilização para que os resultados individuais sejam alcançados.
Treinar = A tropa precisa constantemente ser exercitada para enfrentar os novos desafios. Os oponentes e o ambiente de combate mudam, o que exige a utilização de novas ferramentas, aptidões, conhecimentos e formas de trabalho.
Alinhar = A tropa precisa estar com o mesmo foco e visão de futuro para não dividir ou fragmentar força e energia com algo que não seja a busca dos objetivos definidos.
Acompanhar = A tropa precisa ser acompanhada e orientada em sua trajetória para que sejam supridas eventuais necessidades ou feitas as correções necessárias para garantir que os objetivos sejam alcançados dentro dos prazos estabelecidos. “Só lidera quem acompanha”, já dizia o ditado.
Compromisso = Mostrar a importância de cada combatente individualmente e o quanto ele pode influenciar positiva ou negativamente no resultado final do grupo.
Informar = Em ambientes competitivos e hostis a velocidade e qualidade com que se democratizam as informações, serão preponderantes para o sucesso da tropa.
Motivar = A tropa precisa de uma causa, de motivos alem dos financeiros para fazer bem feito e com orgulho a sua parte.
Cobrar = A tropa sabe e precisa estar consciente de que a empresa sempre exigira o máximo de todos aqueles que ela ainda acredita.

Principais justificativas das empresas para não fazer Convenções de Vendas:
- Falta de recursos: Se você refletir verá que a falta de dinheiro é mais uma desculpa do que um impedimento para essa ação. Se não existe caixa na empresa, criem alternativas, nossas sugestões são: Monte o projeto e solicite patrocínio de seus fornecedores, você poderá se surpreender com o resultado, tenho convicção que todos eles possuem verbas e estão torcendo pelo sucesso de sua empresa. “Faça o que puder com o que tiver”, se não existem recursos para uma Convenção Nacional, faça Regional, se não dá para fazer do jeito que você gostaria, seja simples e criativo, mas faça.
- Estar com as metas em dia: Não é porque o time esta ganhando que não se mexe, é justamente quando existe lastro ou condição financeira ou de vendas favoráveis que devemos implementar novos projetos e desafios, cuidar para que a equipe não se acomode com a situação, “sempre existira o que melhorar”.
- Custo/beneficio: Alguns gestores tendem a olhar o valor total do investimento e enxergar outras possibilidades para os recursos destinados à convenção, que são inúmeras e tenho certeza que todas com suas respectivas importâncias. Comprar ou fazer manutenção de maquinas e equipamentos, reformar ou ampliar espaços de produção, fazer brindes, anúncios entre outros. Mas antes de pensar dessa forma lembre-se que toda empresa antenada deve provisionar em seu plano de investimentos, verba para capacitação periódica de sua força de vendas.
- Mensurar resultados: Muitas empresas não optam por essa ação por acreditar que seus resultados não podem ser mensurados, o que é um grande erro. Se bem planejada e com objetivos claros os resultados são de fácil verificação, tanto os financeiros como os psicológicos (incremento de vendas, abertura de clientes, venda de mix, comprometimento, astral da equipe...), basta acompanhar.
Os resultados serão proporcionais a qualidade do planejamento da convenção.

Portanto não deixe de colocar em seu plano de ações essa excelente ferramenta de trabalho.



Todos os direitos reservados Artur Ximenes 2014